Principais fatores de risco da endometriose

O segredo para engravidar naturalmente em 4 a 6 semanas: Clique Aqui Para Saber Mais

Principais fatores de risco da endometriose

E endometriose pode não ter ainda uma causa específica, mas existem fatores que ajudam a explicar o surgimento desse problema, que prejudica mulheres que desejam engravidar.

É o caso da menstruação retrógrada, em que o sangue retorna pelas tubas uterinas, bem como do crescimento das células embrionárias, das mudanças genéticas, das desordens no sistema imunológico, dos fatores hormonais e ambientais. Ao conhecer os fatores de risco da endometriose, você ficará mais preparada para encarar esse problema ao tentar ter um filho.

Sim, foi isso mesmo que você leu: mesmo com endometriose você ainda pode engravidar! Clique aqui para descobrir como realizar esse sonho rapidamente.

Normalmente, mulheres que apresentam essa condição passam por muitas dores durante a menstruação. Além disso, as relações sexuais também podem virar sinônimo de dor intensa, assim como o momento de urinar e o período menstrual. E, claro, a infertilidade é o que faz muitas futuras mães temerem ao pensarem na possibilidade de terem endometriose.

O segredo para engravidar naturalmente em 4 a 6 semanas: Clique Aqui Para Saber Mais

Caso você sinta um desses incômodos, corra até o seu médico, para que ele possa realizar todos os exames necessários, a fim de diagnosticar corretamente o problema o mais rápido possível. Lembre que um diagnóstico tardio pode ser ruim para você, uma vez que a probabilidade de cura aumenta à medida que você começa o tratamento mais cedo.

Qual o risco da endometriose para sua saúde

Quem desenvolve a doença pode se encaixar em um dos fatores de risco da endometriose, como nunca ter engravidado anteriormente. Além disso, ter familiares próximos que já desenvolveram a doença é outro fator de risco da endometriose, assim como histórico de infecção pélvica.

Se você nunca utilizou métodos contraceptivos orais, como as pílulas anticoncepcionais, a chance de sofrer com a endometriose é maior. Outro aspecto que influencia na presença da doença é ter outras condições de saúde que não possibilitam a liberação natural do fluxo menstrual pelo organismo, incluindo malformações genitais.

Em geral, o surgimento da endometriose ocorre depois que a menstruação começa, com sintomas que terminam somente com o início da menopausa. Ao não tratar as complicações que a doença provoca você pode ter problemas sérios para engravidar. E o câncer de ovário tem mais chances de ser desenvolvido quando a mulher sofre de endometriose.

O ideal é ficar atenta ao funcionamento do seu corpo, principalmente identificando qualquer um dos fatores que acabamos de citar. No caso do aparecimento desses sintomas, comece logo um tratamento com o seu médico, para que seja possível se ver livre das dores causadas por essa condição.

O tratamento apropriado da endometriose vai fazer você se sentir menos incomodada, além de levar uma vida muito mais saudável, sem falar na preparação do seu organismo para finalmente conceber uma criança.

Como identificar a endometriose

Depois de realizar o exame físico solicitado pelo especialista responsável pelo seu caso, você precisa fazer dois exames não invasivos, que ajudarão a melhorar o raciocínio a respeito da doença. O primeiro teste é o ultrassom transvaginal, que serve para buscar imagens compatíveis com a patologia em questão, tanto no acometimento dos ovários como na avaliação aprofundada da doença. Também existe um estudo que permite a detecção de alguns tipos de endometriose, a partir desse exame, mas o estudo ainda está na fase final.

Outro tipo de exame é o CA125, que nada mais é do que um teste de sangue, pelo qual é possível identificar um marcador, o que contribui com a orientação do diagnóstico, especialmente quando a doença já estiver em um estágio avançado, uma vez que os níveis de CA125 não ficam maiores nos casos iniciais.

Agora você sabe que sua luta não acaba aqui. Clique aqui e assista ao meu vídeo e você vai descobrir que seu sonho pode estar muito perto de ser realizado!

O segredo para engravidar naturalmente em 4 a 6 semanas: Clique Aqui Para Saber Mais

Deixe um Comentário

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

If you agree to these terms, please click here.